sexta-feira, 9 de abril de 2010

Quem nunca sentiu MEDO ?



Nós, seres humanos, nascemos sem medo. Reparem no comportamento de uma criança: põe o dedo na tomada, puxa o rabo do cachorro, escala móveis em casa sem se preocupar se vai cair e machucar entre outras tranquinagens, pois ela desconhece tal sentimento.

Então, a pergunta que devemos fazer é: como foi que o medo entrou em nossas vidas? Em que momento isso ocorreu?

O medo é um sentimento que proporciona um estado de alerta demonstrado pelo receio de fazer alguma coisa, geralmente por se sentir ameaçado, tanto fisicamente como psicologicamente. Pavor é a ênfase do medo.

Afirma-se que o medo é o maior inimigo do homem. O medo está por trás do fracasso, da doença e das relações humanas desagradáveis. Milhões de pessoas têm medo do passado, do futuro, da velhice, da loucura, da morte, do escuro, de dirigir, entre outros inúmeros tipos de medo. O medo é um pensamento em sua mente e você passa a ter medo dos seus próprios pensamentos.

A resposta anterior ao medo é conhecida por ansiedade. Na ansiedade, o indivíduo teme antecipadamente o encontro com a situação ou objeto que lhe causa medo. Sendo assim, é possível traçar uma escala de graus de medo, no qual, o máximo seria o pavor e, o mínimo, uma leve ansiedade.

O medo normal é bom. Ausência de medo é ruim porque uma pessoa destemida faz com que ela não tome os cuidados necessários. Medo em demasia é mau e destrutivo pois nos trava, nos impede de seguir em frente, de realizar até mesmo as tarefas mais simples do cotidiano.

Permitir constantemente os pensamentos de medo acarreta o medo anormal, obsessões e complexos. Temer alguma coisa persistentemente provoca um sentimento de pânico e terror. Você pode superar o medo anormal quando sabe que o poder do seu subconsciente pode mudar os condicionamentos e realizar os desejos acalentados por seu coração. Dedique sua atenção e devote-se, imediatamente, ao seu desejo, que é o oposto do seu medo. Este é o amor que expulsa o medo. Enfrente seus temores, traga-os à luz da razão.

Procure um terapeuta floral pois este poderá lhe ajudar a identificar a origem de seus medos e prescrever os florais que ajudarão a resolver essa questão.

Algumas frases sobre o medo:

"O medo me fascina." (Ayrton Senna)

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)

"Você ganha forças, coragem e confiança a cada experiência em que você enfrenta o medo. você tem que fazer exatamente aquilo que acha que não consegue."
(Eleanor Roosevelt)

"O medo faz parte da vida da gente. Algumas pessoas não sabem como enfrentá-lo, outras, acho que estou entre elas, aprendem a conviver com ele e o encaram não como uma coisa negativa, mas como um sentimento de autopreservação. "
(Ayrton Senna)

Nenhum comentário: