sábado, 20 de março de 2010

Como os florais ajudam nos casos de depressão?


Atualmente, muitas pessoas têm ouvido mais e mais essa palavra: depressão. Há que se entender um pouco mais sobre esse sentimento.

Todo mundo, em algum momento da vida, já se sentiu pra baixo, triste, sem vontade de fazer nada. Até aí, normal.

Com a depressão, esses sentimentos são contínuos, a pessoa não tem vontade de fazer absolutamente todos os dias. É uma doença que exige tratamento pois de acordo com a medicina, a depressão acontece por um desequilíbrio químico que ocorre em nosso cérebro, diminuindo as defesas do sistema imunológico, deixando o organismo vulnerável. Mas, o que será que ocasionou tal desequilíbrio químico? O que levou uma pessoa a entrar em depressão?

Ter depressão não significa ter fraqueza de caráter. É uma doença que incomoda muito a pessoa e a família. É um tratamento que requer acompanhamento por uma equipe multidisciplinar, evolvendo médicos, psicólogos, terapeutas, acupunturistas.

A Terapia Floral, que trabalha com uma visão holística, vai descobrir as causas desse desequilíbrio junto com a pessoa e, assim, corrigir o que não está bom. Acredita-se que uma pessoa deprimida esteja desconectada do seu Eu Superior. A sua energia encontra-se tão baixa, que a pessoa não tem forças para lidar com os próprios problemas e mesmo os pequenos obstáculos acabam sendo vistos como algo que não tem solução.

A depressão, quando descoberta no início e a pessoa começa a ser tratada com os florais, tem duração bastante reduzida. Algumas pessoas que utilizaram os florais sentiram melhoras significativas ao final do primeiro frasco. O tratamento da depressão deve ter acompanhamento de um terapeuta floral, pois as emoções serão trabalhadas e o terapeuta vai auxiliar a pessoa a lidar com os sentimentos mais profundos e comuns à depressão, como por exemplo: apatia, tristeza, falta de vontade para tudo, dificuldade de tomada de decisões, entre outros.

Nenhum comentário: