segunda-feira, 28 de julho de 2008

Como a Terapia Floral auxilia nos problemas de aprendizagem


Há tempos o processo de aprendizagem vem sendo estudado com a finalidade de buscar a maneira correta de ensinar as crianças, para que tenham possibilidades de se tornarem cidadãos capazes e conscientes de sua missão durante a vida. Assim, aprendizagem envolve o processo de desenvolvimento do ser humano e deve permitir à criança vivenciar experiências que possam ajudá-la durante toda sua existência.

Inúmeros programas de alfabetização, poucos com resultado, têm sido idealizados para atender desde as crianças consideradas normais, até aquelas classificadas como deficientes, superdotadas, hiperativas e que necessitam de tratamento especial.

Entretanto, além de uma prática pedagógica adequada, a Terapia Floral traz ótimas opções para melhoria do aprendizado, independentemente da presença de algum tipo de deficiência, pois, características como a dispersão ou a insegurança podem comprometer muito o desempenho do indivíduo no processo de aprendizagem.

Ela apresenta muitos pontos comuns à antroposofia de Waldorf, do início do século e aos conceitos revolucionários de Daniel Goleman, do final deste século, ao afirmar que o equilíbrio das emoções é essencial ao homem e que este é um ser total, dotado não só de QI., pois seus princípios básicos escritos pelo Dr. Bach dizem que o homem possui:

Uma alma - que é o seu ser real;
Um espírito - seu ser divino;
Um corpo - templo terreno desta alma.

Os benefícios dos florais sobre a dificuldade de aprendizagem tem mostrado resultados bastante satisfatórios, de maneira efetiva e se dão de forma natural e saudável.

Nenhum comentário: