sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

A Terapia Floral e o Tarot


Ao contrário do que muitos pensam, o tarô não serve para adivinhar o futuro, e sim para lançar luz sobre o momento presente.

Ler o Tarô é valorizar o ser humano e seu arbítrio, é deixar-se inspirar pelo surpreendente fenômeno da sincronicidade no intuito de bem aproveitar as oportunidades.

O Tarô por ser poderoso instrumento simbólico, ajuda-nos a compreender melhor nosso inconsciente. Como se fossem ganchos, as lâminas resgatam potenciais internos não explorados, invisíveis à consciência, ajudando-nos a elaborar informações e orientar em algumas importantes questões pessoais. Utilizado há séculos como instrumento oracular, seu simbolismo não perdeu a forma para nós; pelo contrário, ele está mais vivo e atual como nunca, pois supre importantes lacunas impostas pelos males do mundo à nossa psique.

Como surgiu o Tarô-Terapêutico e como ele se alia à Terapia Floral?

Terapia é qualquer técnica que trabalha a "cura da alma". No caso do Tarot Terapêutico, o mesmo é feito dentro de uma atmosfera simbólica, onde as imagens arquetípicas das lâminas sugerem uma auto-avaliação ou uma profunda reflexão sobre nossa postura interior, quem somos, para onde vamos e o que queremos.

Costumo acrescentar que os símbolos contidos no Tarô são uma continuação de nossos sonhos, quando combinados em uma consulta particular pois exprimem ali, todos nossos anseios secretos, nossos medos, nossas fugas, nossas incertezas, mas também, o antídoto para lidar com todas dificuldades e bloqueios impostos pelas frustrações, traumas e repressões. Notei com o tempo que não bastava apontar para os meus clientes o que viria logo a seguir, e nem o que ocorrera há muito... senti que era preciso conscientizar para viver bem o agora e preparar a pessoa para um futuro melhor.

Era preciso também um acompanhamento quase psicoterapêutico que "mantivesse viva a chama" de querer se superar e prosseguir corajosamente na jornada do auto-conhecimento. Daí, veio a necessidade de se combinar com os recursos das Essências Florais, como combustível indispensável para sedimentar todo processo acima descrito.

Os Florais reforçam a necessidade de nos melhorarmos e consequentemente nos apoia na dimensão psico-espirito-emocional ajudando no combate inclusive das ditas doenças psicossomáticas.

Nenhum comentário: